Tipos de Luminárias e seus efeitos

Atualizado: Mar 4


Para desenvolvermos um bom projeto luminotécnico devemos ter conhecimento, ou ao menos noção, de tudo que envolve a iluminação, como o tipo de luminária, de lâmpada, potência, efeito desejado, lumens e da parte elétrica. As luminárias são aparelhos destinados a distribuir, filtrar e controlar a luz gerada por uma lâmpada, ou mais, que contenham todos os equipamentos e acessórios necessários para fixar, proteger e alimentar essas lâmpadas. (Foto Pinterest)

Luminárias e seus efeitos

Existem luminárias para diversas finalidades e destinadas às lâmpadas incandescentes, fluorescentes, vapor de mercúrio e LED. As luminárias podem ser de:


Iluminação Indireta: Quando a luz que chega ao ambiente após ser refletida em uma superfície;

Iluminação Difusa: Quando a luz é difundida no ambiente de forma igual, não havendo destaque da lâmpada;

Iluminação Focal: quando há intenção de iluminar um ponto específico.


É importante saber os tipos de luminárias existentes para fazer a especificação correta. Verificar na obra, ou no projeto, se o teto será em laje ou gesso, facilitará a escolha da luminária certa, por exemplo. É importante, também, considerar se é ambiente interno ou externo, e consultar com o fornecedor do produto, se o mesmo é adequado ou não para o local desejado.


Vejam alguns modelos de luminárias:


PLAFON

Trata-se de um tipo de luminária que, geralmente é instalada bem próxima ao teto e serve como peça central. Dependendo do material ele produz um efeito de iluminação indireta ou difusa. (Foto Pinterest)


PLAFON DE EMBUTIR

Trata-se de um tipo de luminária que é embutida no teto, e pode ser usada como iluminação geral ou direcionável. A vantagem desse tipo de iluminação é deixar o ambiente clean.(Foto Pinterest)


PENDENTE

É uma peça funcional, mas às vezes, pelo seu design, pode ser uma peça mais decorativa. Esta luminária fica ‘’ pendurada’’ por fios elétricos. São usadas geralmente em bancadas, mesas de refeições e laterais de cama. (Foto Pinterest)


LUSTRE

Peça decorativa, geralmente é o centro de interesse de algum ambiente, como sala. Dependendo do modelo pode ser a iluminação geral do ambiente, mas, na maioria das vezes é uma peça complementar na decoração. (Foto Pinterest)


SPOT

Luminária de aspecto mais funcional, é uma peça direcionável. Não é indicada para iluminação geral do ambiente, servindo apenas como iluminação focal. Outro detalhe importante é o uso adequado das lâmpadas. Em se tratando de quadros, usar dicróica, ou se for escultura, usar lâmpadas da família AR ( são lâmpadas halógenas que deixam o ambiente mais cênicos). (Foto Pinterest)


TRILHO

O trilho não é a luminária propriamente dita, mas sim uma barra eletrificada que permite o uso dos spots direcionáveis. É ideal para quando não queremos rebaixar o teto, mas deve ser usada com cuidado, pois é uma luz focal, criando um efeito de luz e sombra. (Foto Pinterest)


LUMINÁRIA DE MESA

Peça muito funcional e de design bem variado. Sua principal função é ser uma luminária de leitura apoiada nas mesas de trabalho, laterais de cama ou em uma mesa lateral de sofá. Geralmente é uma iluminação focal, mas, também pode ser indireta ou mesmo difusa. Veja alguns modelos dessa luminária com design lindos e variados clique aqui. (Foto Pinterest)


LUMINÁRIA DE PÉ

Possui o mesmo objetivo da luminária de mesa, mas por ter base própria não depende de uma mesa como apoio. Pode ser para leitura ou apenas decorativa. (Foto Pinterest)


ABAJUR

Peça muito usada em ambientes residenciais ou comerciais. Permite uma luz ambiente que cria um clima mais aconchegante e é um elemento decorativo também. Clique aqui e veja outros modelos de luminárias de mesa decorativa. (Foto Pinterest)


ARANDELA

Sempre instalada na parede e dependendo do material causa efeitos diferentes. (Foto Pinterest)


REFLETOR

Luminária um pouco mais técnica usada, as vezes, em jardins, fachadas ou mesmo como elemento de segurança da residência. Como o próprio nome já diz, contém uma luz forte e reflete para uma área mais ampla. (Foto Internet)


UP-LIGHT

Luminária para jardim ou para vasos com plantas. Seu facho de luz é de baixo para cima, mas, para um bom efeito temos que saber que tipo de planta será utilizada. Valoriza a verticalidade. (Foto Internet)


BALIZADOR

É uma luminária que faz o efeito de luz de balizar, e não de iluminar o ambiente. Seu efeito é de direcionar o caminho, seja no jardim, ou mesmo no corredor de circulação interno. (Foto Pinterest)

E aí pessoal, já escolheram o modelo ideal de luminária para decora ou iluminar seu ambiente??

Deixa nos comentários!!


Abraços!



35 visualizações0 comentário