Tipos de Luminárias e seus efeitos

Atualizado: Nov 20


Para desenvolvermos um bom projeto luminotécnico devemos ter conhecimento, ou ao menos noção, de tudo que envolve a iluminação, como o tipo de luminária, de lâmpada, potência, efeito desejado, lumens e da parte elétrica. As luminárias são aparelhos destinados a distribuir, filtrar e controlar a luz gerada por uma lâmpada, ou mais, que contenham todos os equipamentos e acessórios necessários para fixar, proteger e alimentar essas lâmpadas. (Foto Pinterest)

Luminárias e seus efeitos

Existem luminárias para diversas finalidades e destinadas às lâmpadas incandescentes, fluorescentes, vapor de mercúrio e LED. As luminárias podem ser de:


Iluminação Indireta: Quando a luz que chega ao ambiente após ser refletida em uma superfície;

Iluminação Difusa: Quando a luz é difundida no ambiente de forma igual, não havendo destaque da lâmpada;

Iluminação Focal: quando há intenção de iluminar um ponto específico.


É importante saber os tipos de luminárias existentes para fazer a especificação correta. Verificar na obra, ou no projeto, se o teto será em laje ou gesso, facilitará a escolha da luminária certa, por exemplo. É importante, também, considerar se é ambiente interno ou externo, e consultar com o fornecedor do produto, se o mesmo é adequado ou não para o local desejado.


Vejam alguns modelos de luminárias:


PLAFON

Trata-se de um tipo de luminária que, geralmente é instalada bem próxima ao teto e serve como peça central. Dependendo do material ele produz um efeito de iluminação indireta ou difusa. (Foto Pinterest)


PLAFON DE EMBUTIR

Trata-se de um tipo de luminária que é embutida no teto, e pode ser usada como iluminação geral ou direcionável. A vantagem desse tipo de iluminação é deixar o ambiente clean.(Foto Pinterest)